Papas de aveia outonais


23 Outubro 2020

Pensava que gostava muito de diospiros até o conhecer. Para ele, os diospiros só se comem aos pares, e isso não quer dizer que sejam só dois de uma vez.

Há poucos dias, virei-me para ele e disse-lhe: “Acho que vou comer também a casca”, porque o diospiro estava muito maduro e a casca estava muito agarrada. Olhou para mim como se eu fosse um extraterrestre e estivesse a proferir uma heresia. “Nunca se come a casca”.

A verdade é que não me lembro de comer muitos diospiros na idade adulta e sim quando era criança. E, na altura, eles apareciam-me descascados numa taça (mimos de mãe e avó, que é que se há-de fazer?). Agora, eles fazem parte de todos os nossos Outonos e, quando os compro, tem de ser aos 8 ou 10 de uma vez.

Na semana passada, estava eu fora, em viagem, recebo foto de umas papas de aveia maravilhosas com diospiro. Fiz-lhe jurar que, quando voltasse, me fazia umas iguais. Só não foram iguais-iguais, porque as originais levam figos secos e nozes, e como já não havia figos secos, usámos uns figos que ainda aqui tínhamos (a época deles já se acabou).

Aproveitem bem os diospiros e as frutas da época. Se a natureza os dá nesta altura, é porque são bons para nós 😉

Papas de aveia com diospiro, figo e nozes

Recipe by arf
Serve

2

doses
Tempo total

15

minutes

As papas ideais para este Outono: doces, confortantes e nutritivas.

Ingredientes

  • 8 colheres de sopa de flocos de aveia

  • Cerca de 500 ml de bebida vegetal

  • 2 diospiros maduros descascados

  • 4 figos frescos pequenos ou 6 figos secos cortados em pedaços

  • 2 punhados de nozes

  • Canela a gosto

Preparação

  • Coloca os flocos de aveia e a bebida vegetal (usei arroz e coco) numa panela e deixa levantar fervura.
  • Baixa o lume, junta a canela e deixa cozinhar em lume brando, mexendo lentamente até obter a consistência de uma papa.
  • Serve com os diospiros, os figos e as nozes.